Acomodando-se para a longa viagem: trabalhando de casa com segurança

0
597
Acomodando-se para a longa viagem: trabalhando de casa com segurança
 
Acomodando-se para a longa viagem: trabalhando de casa com segurança

Nigel Thompson, VP de marketing de produto na BlackBerry

Na última década, vimos um tremendo aumento de trabalhadores remotos – tanto autônomos quanto colaboradores e executivos. Graças a melhorias em computação em nuvem, infraestrutura da Internet e ferramentas de colaboração remota, o trabalho de casa tem sido uma megatendência em ascensão há anos.

Com a ampla resposta corporativa e governamental à pandemia de COVID-19 em todo o mundo, muitas empresas estão experimentando em primeira mão o impacto de uma força de trabalho predominantemente remota nas operações comerciais. Com grande parte de sua equipe operando agora em casa, algumas organizações podem optar por continuar trabalhando remotamente após as crises atuais.

Se você já trabalhou de casa em algumas ocasiões no passado, o trabalho remoto foi um ajuste bastante fácil de gerenciar. A maioria das pessoas consegue conviver com o celular, o laptop e uma cadeira razoavelmente confortável à mesa da cozinha. Porém, considerando que muitos esperam que a necessidade de trabalhar remotamente seja muito mais longa do que o estimado anteriormente, a transição exigirá alguma adaptação séria por parte das organizações e dos funcionários.

Após o ajuste a esse novo normal, muitos empregadores podem perceber que uma parte substancial de sua equipe pode e deve trabalhar em casa, pois isso economizaria consideráveis ​​quantias para a empresa. Esse pode ser um fator importante na decisão de dar continuidade ao home office, no momento em que as organizações precisam do máximo de dinheiro possível para recuperar seus balanços patrimoniais, após uma prolongada fase de instabilidade econômica.

Considerando a situação, provavelmente é uma boa ideia que todo funcionário que possa trabalhar remotamente se organize para uma estada prolongada em casa e que as empresas estejam preparadas para apoiá-lo com segurança. Muitos de nós, principalmente profissionais de comunicação, criação e informação, trabalhamos em casa há décadas. Este artigo foi criado para ajudar aqueles que são novos no trabalho remoto a fazerem a transição da produtividade no home office para curto e longo prazos.

Lembre-se de algumas coisas, ao fazer a jornada:

Manter contato com sua equipe

Alguns membros da equipe estão bem equipados para trabalhar remotamente e não têm problemas em colaborar conforme o necessário. Eles podem até apreciar estar longe do escritório e do que consideram distrações, como o bate-papo no corredor e no café. Talvez eles tenham cargos que os orientem a pensar e trabalhar de forma independente ou talvez suas personalidades sejam simplesmente dessa maneira.

Para outros funcionários, esse não será o caso e a falta de interação social pode representar um desafio significativo. Alguns tipos de personalidade tendem a prosperar com a interação e a convivência com outros porque alimentam a energia da equipe. Ao trabalhar em casa por longos períodos, algumas pessoas podem ficar tentadas a realizar muitas reuniões ou precisar entrar em contato com a equipe com frequência durante o dia.

Para manter o clima, considere realizar reuniões de vídeo agendadas regularmente com a equipe, a fim de que as pessoas possam se ver e se sentirem conectadas. Além das reuniões regulares da equipe, considere a possibilidade de configurar uma atividade usando um canal “de corredor” por meio de uma plataforma de mensagens diretas, se você ainda não tiver uma. Se você já possui tal app, considere ficar um pouco mais em contato e tornar a comunicação o mais divertida possível.

Manter sua sanidade a longo prazo

Parte de cultivar a sanidade em casa será ter o espaço de trabalho certo e coabitantes que possam respeitar os limites desse espaço. Mas sua sanidade também dependerá de você manter bons hábitos durante o dia.

Para sua saúde mental, considere não comer na sua área de trabalho e realmente fazer intervalos para o almoço, como você estava acostumado a fazer no escritório. Cuide-se com pequenos intervalos durante o dia e breves intervalos sociais virtuais com colegas de trabalho, no bate-papo por vídeo ou através de mensagens. Isso permitirá que você volte a se concentrar no trabalho melhor.

Também é essencial organizar uma programação regular. Tente manter sua antiga rotina no lugar. Quando vamos ao trabalho todos os dias, acordamos e tomamos banho, fazemos nossas compras ou fazemos ginástica – normalmente em algum momento antes ou depois do trabalho. É crucial manter essas atividades e sua rotina para ajudar a ter a sensação de normalidade, quando se trabalha em casa por um período prolongado.

Manter a segurança de aplicativos e dados

Obviamente, trabalhar em casa significa trabalhar fora da rede da empresa com segurança – então suas decisões precisam ajudar a manter dados e dispositivos seguros. Suas decisões sobre quais links clicar e quais aplicativos instalar podem colocar em risco os dados corporativos confidenciais. Você pode fazer sua parte, certificando-se de usar apenas aplicativos e ferramentas que foram examinados e aprovados pelos departamentos de TI e Segurança.

Também é crucial que você pratique uma boa higiene de segurança, como não usar Wi-Fi público ao viajar e sempre manter com você qualquer dispositivo móvel com dados confidenciais criptografados. Nunca clique em links não confiáveis.

Aprendizado

O número de funcionários que trabalhavam anteriormente no escritório e continuarão trabalhando em casa após o término da crise causada pela COVID-19 (e ela passará, apenas aguente firme) é uma incógnita. Dada a tendência atual, é provável que existam muito mais trabalhadores remotos daqui a um ano do que antes do início da pandemia – e isso pode incluir você. Siga as etapas agora para se preparar melhor para uma experiência prolongada de trabalho em casa.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here