Anunciados os filmes vencedores do festival Agenda Brasil em Milão
 
 
“Pela Janela” e “Cidades Fantasmas” vencem os prêmios da crítica do festival Agenda Brasil em Milão
 
“Antes que eu me esqueça” e “Eu, meu pai e Os Cariocas – 70 anos de Música no Brasil” foram eleitos pelo público os melhores filmes
 
 
 
 
“Pela Janela”, de Caroline Leone, na categoria de ficção, e “Cidades Fantasmas”, de Tyrell Spencer, na seção de documentários, venceram os prêmios da crítica especializada da sétima edição do Agenda Brasil, o mais importante festival de cinema brasileiro na Itália, realizado de 17 a 22 de julho, em Milão. Já os reconhecimentos do júri popular nas mesmas categorias anteriores foram, respectivamente, às obras “Antes que eu me esqueça”, dirigida por Thiago Arakilian, e “Eu, Meu Pai e Os Cariocas – 70 anos de Música no Brasil”, de Lúcia Veríssimo. A cerimônia de premiação foi realizada na noite de domingo e seguida pela exibição do filme Bingo, o rei das manhãs, de Daniel Rezende, que não participava da competição.
 
O júri de especialistas dedicou, ainda, menções honrosas a dois filmes (“Legalize Já”, de Johnny Araújo e Gustavo Bonafé, e “Eu, Meu Pai e Os Cariocas – 70 anos de Música no Brasil”) e elegeu Grace Passô a melhor atriz, pela atuação no filme “Praça Paris”, de Lúcia Murat.
 
Presente à cerimônia, Lúcia Veríssimo subiu ao palco para receber as homenagens. “Estou muito feliz por ter vencido estes prêmios; é realmente uma grande emoção”, declarou a cineasta que, poucas horas antes, havia participado a um encontro com o publico que lotou a sala de cinema para assistir ao documentário que ela concebeu, dirigiu e do qual é a narradora, sobre a historia do grupo vocal Os Cariocas, fundado por seu pai, o maestro Severino Filho, e seu tio Ismael Neto. Caroline Leone, Tyrell Spencer e Thiago Arakilian enviaram vídeos de agradecimento.
 
Produzido pela brasileira Christoffel Produções e Promoções e organizado pela italiana Associazione Vagaluna, Agenda Brasil érealizado com investimento do Fundo Setorial do Audiovisual/Ancine e o patrocínio do Consulado Geral do Brasil em Milão, em colaboração com a Fondazione Cineteca Italiana e com o Padiglione d’Arte Contemporanea (PAC) – Prefeitura de Milão, e o apoio da Embaixada do Brasil em Roma. O evento alcançou grande sucesso de público: mais de 2000 pessoas passaram pela histórica sala de cinema milanesa. Dezesseis longas-metragens foram exibidos, sendo 14 em concurso. Em parceria com o FESTin de Lisboa, o evento contou, ainda, com uma seleção de curtas do Brasil, Portugal e São Tomé e Príncipe. Os cinéfilos puderam assistir a filmes de diversos gêneros – da comédia ao drama, do thriller à biografia, do road movie ao realismo fantástico.
 
Pela Janela” é sobre uma operária de 65 anos (papel de Magali Biffi) que perde o emprego e é levada por seu irmão em uma viagem para Buenos Aires que muda a sua percepção sobre o mundo. “Cidades Fantasmas” percorre o deserto chileno, a Amazônia brasileira, os Andes colombianos e os Pampas argentinos para falar de localidades reais abandonadas, utilizando a memória daqueles que ali viveram e não querem esquecer. “Antes Que Eu Me Esqueça” foca em um juiz aposentado de 80 anos (interpretado por José de Abreu) que decide abrir uma boate, entrando em conflito com a família. “Legalize Já” narra o nascimento e a ascensão da banda Planet Hemp
 
Agenda Brasil segue até dia 29 com outras iniciativas em vários endereços de Milão: show em homenagem a Elis Regina com a cantora italiana Patrizia Di Malta e o violonista catarinense Luiz Meira, aula de samba no pé, visitas guiadas especiais à mostra “Brasile. Il coltello nella carne” (Brasil. Navalha na Carne) no Padiglione d’Arte Contemporânea (PAC) com destaque para a literatura brasileira, workshop de capoeira e leitura de contos da tradição oral, além de caminhada “performática” e sonora em um parque com a atriz Paula Carrara
 
Os filmes “Pela Janela”, de Caroline Leone, na categoria de ficção, e “Cidades Fantasmas”, de Tyrell Spencer, na seção de documentários, venceram os prêmios da crítica especializada da sétima edição do Agenda Brasil, o mais importante festival de cinema brasileiro da Itália.
 
Já os reconhecimentos do júri popular nas mesmas categorias anteriores foram, respectivamente, às obras “Antes que eu me esqueça”, dirigida por Thiago Arakilian, e “Eu, Meu Pai e Os Cariocas – 70 anos de Música no Brasil”, de Lúcia Veríssimo. Este ultimo venceu também uma menção honrosa da crítica, assim como Legalize Já. Grace Passô foi eleita melhor atriz por “Praça Paris”, de Lúcia Murat. 
 
– No palco, durante a cerimônia de premiação, a equipe da Associazione Vagaluna, que organiza o festival;
 
– A diretora de cinema Lúcia Veríssimo recebe o prêmio pelo melhor documentrio segundo o júri popular, além de menção honrosa da crítica especializada, pelo filme “Eu, meu pai e Os Cariocas”;
 
– A cineasta Caroline Leone agradeceu, através de um vídeo, o prêmio pelo melhor obra de ficção ao filme “Pela Janela”. 
 
 
Assessoria de Imprensa – Comunicazione Carioca Paula Acosta e Fernanda Massarotto
 
 

Anunciados os filmes vencedores do festival Agenda Brasil em Milão

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here