Coca-Cola reúne a pintura icônica de Andy Warhol

Coca-Cola reúne a pintura icônica de Andy Warhol com uma lista ilustre de obras clássicas e contemporâneas na nova campanha global ‘Obra de Arte’ 

O novo filme da Coca-Cola reúne obras de arte icônicas de Andy Warhol, JMW Turner e Johannes Vermeer, juntamente com peças de alguns dos artistas emergentes mais empolgantes do mundo, em um novo filme impressionante 

 

Brasil, 6 de março de 2023 — Coca-Cola lança hoje “Obra de Arte”, uma campanha global que celebra a icônica marca Coca-Cola e seu estímulo revigorante. Representando aqueles momentos em que as pessoas podem realmente entrar em contato com suas paixões e se expressar, a campanha demonstra como uma Coca-Cola permite que todos transformem um momento rotineiro de pausa em algo mágico e surpreendente.

 

Coca-Cola, Obra de Arte 

Lançado com um novo filme e conteúdo digital surpreendentes com obras de arte universalmente reconhecidas de alguns dos mestres mais famosos do mundo, juntamente com várias peças de artistas emergentes de todo o mundo, a peça de criação aproveita o status icônico da Coca-Cola e incorpora a cultura de uma maneira nova e surpreendente. A campanha está sendo lançada agora em março na América Latina e chega a outros mercados do mundo nos próximos meses deste ano.

 

Ambientado em uma galeria de arte e partindo da icônica ‘Large Coca-Cola’ de 1962 de Andy Warhol, vemos a totêmica e inconfundível garrafa de Coca-Cola passando por várias obras de arte, enquanto todo um universo se reúne magicamente para proporcionar um momento de refresco para quem mais precisa.

 

Em uma expressão notável da capacidade da Coca-Cola de fazer a magia acontecer em qualquer momento de pausa, a garrafa passa pelas mãos de obras artísticas como “O Naufrágio” de JMW Turner; “O Grito”’ de Munch (litografia re-colorida); “Quarto em Arles” de Van Gogh; “Drum Bridge and Setting Sun Hill at Meguro” de Utagawa Hiroshige; terminando na “Moça com Brinco de Pérola” de Vermeer, que habilmente abre a garrafa e a coloca ao lado de um aluno que precisa de uma inspiração e um estímulo revigorante.

 

À medida que a garrafa de Coca-Cola passa pelas obras em exibição em “Obra de Arte”, contemplamos não apenas algumas das artes mais universalmente reconhecidas, mas também vemos o brilhantismo diversificado de alguns dos criadores emergentes mais instigantes do mundo, exibidos pela Coca-Cola, pela primeira vez em uma plataforma global tão significativa. São eles:

  • ‘Divine Idyll’ — Aket, (Europa)
  • ‘You Can’t Curse Me’ — Wonder Buhle, 2022 (África)
  • ‘The Blow Dryer’ — Fatma Ramadan, 2021 (Oriente Médio)
  • ‘Falling in Library’ — Vikram Kushwah, 2012 (Índia)
  • ‘Natural Encounters’ — Stefania Tejada, 2020 (América Latina)

A nova campanha global de 2023 foi concebida para aumentar ainda mais a credibilidade da Coca-Cola como um estímulo revigorante, o acompanhamento perfeito para ‘pausas’ – oferecendo uma variedade de novos conteúdos e experiências.

“Estamos entusiasmados em nos conectar com a Coca-Cola para mostrar uma das obras mais icônicas de Andy Warhol ao lado de algumas das obras-primas mais universalmente amadas do mundo”, disse Michael Dayton Hermann, diretor de licenciamento, marketing e vendas da The Andy Warhol Foundation for the Visual Artes. “Essas peças, combinadas com obras de artistas emergentes de todo o mundo, celebram o poder inspirador da arte através das lentes mágicas da Coca-Cola.”

Juntamente com o novo filme “Obra de Arte”, que estreia na América Latina neste mês de março, antes de um lançamento gradual em outras regiões, a campanha também inclui um novo conjunto de oito colecionáveis digitais apresentando os cinco artistas emergentes e três dos mestres exibidos em Obra de Arte, com lançamento em abril; entrevistas com os artistas emergentes exibidas em um hotsite especial e outdoors OOH.

“Estamos muito empolgados em criar esta campanha Obra de Arte global integrada e experimental da que incorpora inteligência artificial de ponta”, disse Ajab Samrai, diretor global de criação da BLITZWORKS. “Séculos de movimentos artísticos se unem, e os grandes mestres do passado e do presente ganham vida e trabalham juntos para proporcionar um momento estimulante e refrescante na hora certa. Quando você reúne a equipe certa, a mágica acontece.”

Para mais informações sobre todas as obras apresentadas em ‘Obra de Arte’, mais conteúdo e informações, visite a galeria virtual.

O filme e o conteúdo Obra de Arte foram criados pela BLITZWORKS, e o filme foi dirigido por Henry Scholfield da Academy Films, com pós-produção da Electric Theatre Company. A OpenX/David criou o conceito OOH digital. A linha colecionável digital foi criada pela TAFI & BLITZWORKS.

 

FIM 

 

Sobre a The Coca-Cola Company 

A The Coca-Cola Company (NYSE: KO) é uma empresa de bebidas completa com produtos vendidos em mais de 200 países e territórios. O propósito da nossa empresa é refrescar o mundo e fazer a diferença. Vendemos várias marcas avaliadas em bilhões de dólares, em várias categorias de bebidas em todo o mundo. Nosso portfólio de marcas de refrigerantes com gás inclui Coca-Cola, Sprite e Fanta. Nossas marcas de hidratação, esportes, café e chá incluem Dasani, smartwater, vitaminwater, Topo Chico, BODYARMOR, Powerade, Costa, Georgia, Gold Peak e Ayataka. Nossas marcas de bebidas de nutrição, sucos, lácteas e à base de plantas incluem Minute Maid, Simply, inocente, Del Valle, fairlife e AdeS. Estamos constantemente transformando nosso portfólio, desde a redução do açúcar em nossas bebidas até o lançamento de novos produtos inovadores no mercado. Buscamos impactar positivamente a vida das pessoas, comunidades e o planeta por meio da reposição de água, reciclagem de embalagens, práticas de fornecimento sustentável e reduções de emissões de carbono em toda a nossa cadeia de valor.  Juntamente com nossos parceiros de envasamento, empregamos mais de 700 mil pessoas, ajudando a trazer oportunidades econômicas para comunidades locais em todo o mundo. Saiba mais em www. coca-colacompany. com e siga-nos no Twitter, Instagram, Facebook e LinkedIn.

 

Andy Warhol artwork © The Andy Warhol Foundation.

Inc. 

Licenciamento/Liberação de Direitos para Coca-Cola [4], [Large Coca-Cola] 1962 fornecido por Ben Group, Inc. 

Licenciamento/Liberação de Direitos fornecido pela Tate Images para as 2 imagens a seguir: O Naufrágio (exibido em 1805, Joseph Mallord William Turner. Aceito pela nação como parte do Turner Bequest em 1856. Foto: Tate) e Lady of Shalott (1888, John William Waterhouse. Apresentado por Sir Henry Tate 1894. Foto: Tate)

Licenciamento/Liberação de Direitos fornecido pela Bridgeman Images para as 11 imagens a seguir: (i) Moça com Brinco de Pérola, c.1665-6 (óleo sobre tela), Vermeer, Jan (Johannes) (1632-75) / Mauritshuis, Haia , Holanda; (ii) O Grito, Munch, Edvard (1863-1944) / Coleção particular / Foto © O. Vaering / originação da cor por Sam Hadley; (iii) Drum Bridge and ‘Setting Sun’ Hill at Meguro, da série ‘One Hundred Views of Famous Places in Edo’, publicado c.1858 (impressão em xilogravura colorida), Hiroshige, Ando ou Utagawa (1797-1858) / Coleção particular / Foto © Christie’s Images (iv) Quarto em Arles, 1889 (óleo sobre tela), Gogh, Vincent van (1853-90) / The Art Institute of Chicago, IL, EUA / Helen Birch Bartlett Memorial Collection; (v) Campo de Papoulas (Les Coquelicots: environs d’Argenteuil), 1873 (óleo sobre tela), Monet, Claude (1840-1926) / Musée d’Orsay, Paris, França; (vi) Jeanne Hebuterne com Suéter Amarelo, 1918-1919 (óleo sobre tela), Modigliani, Amedeo (1884-1920) / Solomon R. Guggenheim Museum, Nova York, EUA; (vii) Café em Arles, 1888 (óleo sobre tela), Gauguin, Paul (1848-1903) / Museu Pushkin, Moscou, Rússia; (viii) Uma tarde de domingo na Ilha de Grande Jatte, 1884-86 (óleo sobre tela), Seurat, Georges Pierre (1859-91) / The Art Institute of Chicago, IL, EUA / Helen Birch Bartlett Memorial Collection; (ix) Palace Lady with her maids, Kangra, c.1790 (guache sobre papel), Escola Indiana, (séc. XVIII) / Colecção Particular; (x) Couleur Additive Série Irene C, 2009 (cromografia sobre papel), Cruz-Diez, Carlos (1923-2019) / Cruz-Diez Art Foundation, Paris, França / © Atelier Cruz-Diez, Paris; (xi) Natureza morta com prato de frutas, 1879-80 (óleo sobre tela), Cézanne, Paul (1839-1906) / Museu de Arte Moderna (MoMA), Nova York, EUA).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Instagram

Publicidade

  • Paixão Câmeras

Últimas

Humoristas se reúnem para show solidário no Rio de Janeiro

Humoristas se reúnem para show solidário no Rio de JaneiroEvento acontece na terça-feira (21) e terá renda destinada às vítimas do Rio Grande do...

Humor Solidário dia 23 de Maio no Qualistage, apresentação beneficente em prol do Rio Grande do Sul

Humor Solidário Com Fábio Porchat, Maurício Manfrini, Cacau Protásio, Marcos Veras, Rafael Portugal, Evelyn Castro e Flávia Reis Dia 23 de Maio No QualistageTodos pelo Rio Grande do Sul Comediantes...

Maria Braz fala sobre a influência da moda nos maiores sucessos de bilheteria dos filmes

Às vésperas da temporada mais importante do Cinema, Maria Braz fala sobre a influência da moda nos maiores sucessos de bilheteria dos filmesA análise...

Quinta edição do Festival de Música Infantil Peixe-boi começa em maio no CEU Meninos e CEU Perus

Quinta edição do Festival de Música Infantil Peixe-boi começa em maio no CEU Meninos e CEU Perus Grupo Girasonhos, Pequeno Coração Caipira, Lili Flor & Paulo...

“Favela.doc” | Entrevista com Muzão encerra gravações

 "Favela.doc" | Entrevista com Muzão encerra gravaçõesFAVELA.DOC | ENTREVISTA COM MUZÃO ENCERRA GRAVAÇÕES DO DOCUMENTÁRIO*Depois de três meses, Viviane Ferreira encerra as gravações e...