Renato Vieira, lança o livro ‘O Produtor da Tropicália”

Com lançamento em São Paulo e no Rio, ‘O Produtor da Tropicália’ joga luz sobre o legado tropicalista de Manoel Barenbein

 

Com prefácio de Gilberto Gil, livro com entrevistas do produtor que dirigiu todos os discos da Tropicália traz histórias inéditas e curiosas. Lançamento vai acontecer em dezembro, dia 1º na Travessa de Pinheiros (SP) e dia 06 na Travessa do Leblon (RJ)

 

Um dos principais produtores da música brasileira, Manoel Barenbein é o personagem principal do livro O Produtor da Tropicália – Manoel Barenbein e os álbuns de um movimento revolucionário, do jornalista e pesquisador musical Renato Vieira. Baseado no podcast de mesmo nome que foi ao ar pela série Discoteca Básica Apresenta (do podcast Discoteca Básica), o livro é composto por entrevistas de Barenbein em que ele conta a Vieira como foi a concepção desses trabalhos históricos e a convivência com Caetano Veloso, Chico Buarque, Gilberto Gil, Gal Costa, João Gilberto, Jorge Ben, Mutantes e Maria Bethânia. Com prefácio de Gilberto Gil, O Produtor da Tropicália traz ainda conteúdo exclusivo: entrevistas inéditas sobre os trabalhos que Barenbein fez com Erasmo Carlos, Nara Leão, Rogério Duprat, Ronnie Von, Claudette Soares e Jair Rodrigues.

Editado pela Garota FM Books, o livro já tem sessão de autógrafos marcada em São Paulo, onde está radicado o autor, que é mineiro, e no Rio. Dia 1º de dezembro (quinta-feira), Renato Vieira estará na Travessa de Pinheiros a partir das 19h. No dia 06 de dezembro (terça-feira), ele desembarca no Rio para autografar os exemplares na Travessa do Leblon a partir das 19h.

Sobre o livro

Manoel Barenbein dirigiu praticamente todos os discos da Tropicália, lançados pela Companhia Brasileira de Discos no fim dos anos 1960. Em O Produtor da Tropicália, ele lembra como surgiu a concepção do álbum “Tropicália Ou Panis Et Circencis”, marco histórico do movimento tropicalista, produzido por ele. Outro detalhe saboroso é a convivência de Barenbein com Chico Buarque: foi ele quem convenceu o jovem estudante de Arquitetura e compositor a gravar suas próprias músicas. Os dois trabalharam juntos de 1965 a 1971 em estúdios do Rio, São Paulo e Roma. O produtor também recorda a tensão de gravar discos de Caetano e Gil em Salvador quando os dois estavam prestes a ser exilados: agentes da Ditadura Militar o abordaram e o levaram para prestar esclarecimentos.

Uma prova do quanto é querido e respeitado no meio musical, Barenbein foi citado em várias faixas dos álbuns que produziu: Em “De Noite Na Cama”, por exemplo, Erasmo Carlos solta um “Viva o Mané!”. Em “Oba, Lá Vem Ela”, Jorge Ben fala ao final “Está acabando, Manoel, e eu estou de olho nela!”. Diz ele: “Fico muito feliz de poder falar desses discos que produzi. Muito humildemente, eles são históricos. Devo muito aos artistas com quem trabalhei e este livro também é uma forma de agradecer a todos eles”.

Para Vieira, o livro é uma homenagem ao legado de Barenbein na música brasileira: “Ele sempre gostou de estar nos bastidores. Ele acredita que o holofote tem que ser do artista. Graças à compreensão de Barenbein, esses artistas se sentiram livres para criar. Ele estimulava isso. No livro ‘Verdade Tropical’, por exemplo, Caetano Veloso disse que Barenbein comprou a briga dos tropicalistas com carinho e determinação”.

Em seu prefácio, Gilberto Gil define Manoel Barenbein catapultando a sua importância para a história da música brasileira: “Ele não era nada circunspecto, nada formal. Naquele momento da Tropicália, Manoel era um de nós, colocava a colher na massa do bolo da mesma maneira”.

O Produtor da Tropicália – Manoel Barenbein e os álbuns de um movimento revolucionário celebra o legado tropicalista no ano em que seus dois idealizadores, Gilberto Gil e Caetano Veloso, completaram 80 anos, bem como o próprio Barenbein (Gil em 26 de junho, Caetano em 07 de agosto e Manoel, em 07 de setembro).

 

Especificações do Livro:

208 páginas em 16 cm de largura X 23 cm de altura

Prefácio de Gilberto Gil

Preço de capa: R$ 72

 

Sobre o autor

Renato Vieira tem passagens pela TV Bandeirantes, Jornal O Tempo (Belo Horizonte) e O Estado de São Paulo. Pesquisador musical, assinou a curadoria e textos de reedições especiais ou compilações de Belchior, Gilberto Gil, Elis Regina, Ney Matogrosso, Jorge Mautner, Novos Baianos e Tom Zé, além da pesquisa e edição do livro “Foi Assim” (Ed. Record), autobiografia da cantora Wanderléa. É autor de “Tempo Feliz – A História da Gravadora Forma” (Ed. Kuarup), lançado em 2022, e fez a pesquisa de imagens da fotobiografia de Gal Costa, lançada em 2021.

 

Sobre a editora

A Garota FM Books é uma editora de publicações voltadas para o mercado da música criada durante a produção do “Discobiografia Mutante: Álbuns que Revolucionaram a música brasileira”, de Chris Fuscaldo. Também bilíngue, “Jimmy Page no Brasil”, é um livro de Leandro Souto Maior sobre a história de amor do líder do Led Zeppelin com o país. “Renato, o Russo”, de Julliany Mucury, foi lançado em outubro de 2021, mês em que a morte do líder da Legião Urbana completou 25 anos. Em 2022, a editora já lançou “1979 – O ano que ressignificou a MPB”, que reúne 100 artigos sobre álbuns de 1979 organizados por Célio Albuquerque, e “Cantadas – Ensaios Sobre 35 Grandes Vozes de Mulheres da Música Brasileira”, do crítico musical Mauro Ferreira, além de estar editando “De Tudo Se Faz Canção – Os 50 Anos do Clube da Esquina”, organizado por Márcio Borges e Chris Fuscaldo.

 

 

Ana Paula Romeiro

Assessoria de Imprensa

Tel.: (21) 99601.3908 / 3283.8258

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Instagram

Publicidade

  • Paixão Câmeras

Últimas

Alcione é a Rainha do Rio Exxperience – Diretamente da avenida

Alcione é a Rainha do Rio Exxperience - Diretamente da avenida, o camarote vai receber a Dama do Samba, Alcione, tema do samba-enredo da Mangueira...

Janeiro no CCBB RJ apresenta estreias para programação de férias no cinema e teatro 

Janeiro no CCBB RJ apresenta estreias para programação de férias no cinema e teatro Início do ano com atividades para as crianças e adultos aproveitarem o mês. No cinema, Um Giro Pelo Mundo – Navegando no Cinema no...

Selton Mello lança sua autobiografia no Rio de Janeiro com a ilustre presença de seu pai, amigos e fãs.

Selton Mello lança sua autobiografia no Rio de Janeiro com a ilustre presença de seu pai, amigos e fãs.Por Patrícia RoloffO conceituado e talentoso...

FILMICCA divulga seus lançamentos de Dezembro _ Clássicos da Espanha e Contemporâneos do cinema nacional

CLÁSSICOS DA ESPANHA, JOIAS DO CINEMA NACIONAL E OBRAS ACLAMADAS ESTREIAM EM DEZEMBRO NA FILMICCA **”CRÍA CUERVOS”, “O ESPÍRITO DA COLMEIA” E MAIS CLÁSSICOS ESPANHÓIS ESTREAIM...

Teatro Imperial será inaugurado em 22 de Novembro

TEATRO IMPERIAL SERÁ INAUGURADO EM 22 DE NOVEMBRO Inauguração do principal Teatro de Petrópolis será em evento para convidados, com o show “Meus Caros Amigos”...