3.2 C
Nova Iorque
sábado, novembro 27, 2021

Buy now

​​Essa coisa que a gente não sabe o que é, mas desconfia estreia no Sérgio Porto

Essa coisa que a gente não sabe o que é, mas desconfia estreia no Sérgio Porto

 ​​Essa coisa que a gente não sabe o que é, mas desconfia estreia no Sérgio Porto

Espetáculo intimista aposta na naturalização das ações e nas constantes trocas com o público


​​Essa coisa que a gente não sabe o que é, mas desconfia estreia no Sérgio Porto

​Três atrizes na casa dos vinte e poucos anos dividem a cena na comédia ácida Essa coisa que a gente não sabe o que é, mas desconfia, que aborda narrativas sobre o empoderamento feminino, assédio, machismo, igualdade de gênero, histórias da infância e política.

A peça que estreia no dia 28 de abril e fica em cartaz até 21 de maio (de sábado à segunda), sempre às 19h, na Galeria 2 do Espaço Cultural Municipal Sérgio Porto é o primeiro trabalho de direção no Brasil do artista chileno Ignacio Aldunate, mestre em artes cênicas pela Unirio.

– Com irreverência e ironia, o espetáculo discute o lugar da mulher na sociedade atual, o que se espera dela nos dias de hoje, e as consequências que essas cobranças podem trazer, além de questionar privilégios e o machismo de forma crítica e autocrítica – comenta a atriz Julia Portes.  

Em aposta no provisório, no efêmero e nas mudanças radicais, a montagem foi construída de modo que as atrizes parecem estar sempre em improviso, com naturalização das ações e constantes trocas com o público.

Essa coisa que a gente não sabe o que é, mas desconfia é composta por Júlia Horta, Júlia Portes e Raira Machado, que também são as responsáveis pela dramaturgia.

Serviço:
Essa coisa que a gente não sabe o que é, mas desconfia (60min)
Datas: Sábado à segunda (28/04 a 21/05)
Horário: 19 horas
Local: Espaço Cultural Municipal Sérgio Porto/Galeria 2 (20 lugares) – Rua Humaitá, 163 – Humaitá
Informações: 2535-3927 / 2535-3846

Ingressos: R$20 (meia) e R$40 (inteira)

Classificação: 14 anos

Ficha técnica:
Texto: Criação coletiva
Direção: Ignacio Aldunate    
Elenco: Júlia Horta, Júlia Portes e Raira Machado
Cenografia: Renata Caldas
Figurino: Lucas Nogueira e Victor Mello  
Iluminação: Lara Cunha
Músicas originais: Luiz Tatit, Felipe Rocha e Banda Gentileza
Preparacao vocal: André Grabois
Design gráfico: Raira Machado
Fotografia: Bruna Leal e Bruno Coqueiro
Producao: Raira Machado
Mídias sociais: Andressa Lee
Assessoria de imprensa: Alex Teixeira 

​​

​​Essa coisa que a gente não sabe o que é, mas desconfia estreia no Sérgio Porto

 

Related Articles

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Latest Articles