Deezer e MAR – O RIO DO SAMBA: resistência e reinvenção agora na Deezer

1
940

Deezer e MAR – O RIO DO SAMBA: resistência e reinvenção agora na Deezer

Deezer e MAR - O RIO DO SAMBA: resistência e reinvenção agora na Deezer

O Rio do Samba: resistência e reinvenção agora no Deezer

Deezer e Museu de Arte do Rio juntos para estender e complementar a experiência de artes visuais e música

O Museu de Arte do Rio – MAR, sob gestão do Instituto Odeon, fechou uma parceria com o aplicativo Deezer, serviço de streaming mundial de audio, para que os visitantes da exposição “O RIO DO SAMBA: resistência e reinvenção” continuem a ouvindo as músicas após deixarem o museu. A seleção tem as versões originais e releitura de grandes nomes do samba. A playlist é composta por 45 faixas de composições de João Nogueira, Martinho da Vila, Noel Rosa, Pixinguinha, Zeca Pagodinho e outros.

A parceria não ficará restrita apenas à exposição do Samba. Todas as exposições do MAR terão playlists de acordo com o tema. O objetivo é fazer com que o visitante possa continuar vivenciando as mostras após deixar o museu, aprofundando o seu conhecimento sobre o que viu.

“A exposição O RIO DO SAMBA foi decisiva para realizarmos esta parceria. Os visitantes saem da mostra querendo mais, perguntando como fazer para ouvir as músicas apresentadas no MAR. Porém, vimos que esta continuidade de conhecimento pode estar em todas as exposições, porque podemos compartilhar as músicas preferidas do artista ou que eram tocadas na época explorada pela mostra”, afirma a diretora executiva do MAR, Eleonora Santa Rosa.

A exposição “O RIO DO SAMBA: resistência e reinvenção” é uma mostra de longa duração que ocupa o museu por um ano, até março de 2019. Tem como espaço principal o terceiro andar da instituição, área dedicada a investigar a história do Rio de Janeiro. Para explorar os aspectos sociais, culturais e políticos do mais brasileiro dos ritmos, os curadores Nei Lopes, Evandro Salles, Clarissa Diniz e Marcelo Campos reuniram centenas de itens, entre pinturas de Djanira , Di Cavalcanti, Heitor dos Prazeres ; fotografias de Walter Firmo, Wilton Montenegro e Ierê Ferreira; acessórios de Carmen Miranda; dezenas de capas de discos fundamentais do samba e uma instalação inédita de Ernesto Neto e Leandro Vieira, carnavalesco da Mangueira, entre outros.

“Fazer esta parceria com as exposições do MAR é uma forma de mostrar que as artes são complementares, é como unir as visuais com a música, trazendo uma experiência mais completa para quem gosta mais de uma ou da outra arte. Começar com o samba, tão característico do Rio, e neste lugar que é ícone da cidade, não podia ser melhor. Palavra de um carioca”, explica o diretor geral do Deezer no Brasil , Bruno Viera.

 

Aperte o play e aproveite!

O Museu de Arte do Rio – MAR

Uma iniciativa da Prefeitura do Rio em parceria com a Fundação Roberto Marinho, o MAR tem atividades que envolvem coleta, registro, pesquisa, preservação e devolução à comunidade de bens culturais. Espaço proativo de apoio à educação e à cultura, o museu já nasceu com uma escola – a Escola do Olhar –, cuja proposta museológica é inovadora: propiciar o desenvolvimento de um programa educativo de referência para ações no Brasil e no exterior, conjugando arte e educação com base no programa curatorial que norteia a instituição. O MAR é gerido pelo Instituto Odeon, uma organização social da Cultura, selecionada pela Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro por edital público. O museu tem o Grupo Globo como mantenedor e a Vale como copatrocinadora de exposição por meio da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet). A BMA apoia as exposições também através da Lei Rouanet.

A Escola do Olhar conta com patrocínio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio de Janeiro, da Dataprev e One Health via Lei Municipal de Incentivo à Cultura. A Aliansce apoia as visitas educativas – Partiu MAR via Lei Rouanet. A Verde apoia o programa de Formação com Professores da Escola do Olhar via Lei Rouanet. A Vivo patrocina o programa de cultura MAR de Música 2018 através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura. O MAR conta também com o apoio do Governo do Estado do Rio de Janeiro, e realização do Ministério da Cultura e do Governo Federal do Brasil por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Sobre o Deezer

A Deezer conecta 14 milhões de fãs de música mensalmente de todo o mundo com mais de 53 milhões de faixas. Disponível em 180 países em todo o mundo, a Deezer dá acesso imediato ao mais diverso catálogo de streaming de música em qualquer dispositivo. A Deezer é o único serviço de streaming de música com Flow, uma trilha sonora personalizada com suas músicas mais queridas e novas recomendações baseadas em dados algoritmos e nas sugestões dos nossos editores de música. Baseado em um algoritmo proprietário intuitivo e criado por pessoas que amam música, é o único lugar para ouvir as suas músicas em uma trilha sonora ilimitada com novas descobertas sob medida para você. Deezer está disponível no seu dispositivo preferido, incluindo smartphone, tablet, PC, laptop, sistema de home sound, sistema de áudio multimídia de autos ou Smart TV.

Fazendo a música acontecer desde 2007, a Deezer é uma empresa de capital fechado, com sede em Paris, e escritórios em Londres, Berlin, Miami, São Paulo e em outros lugares do mundo. Deezer está disponível com download gratuito para iPhone, iPad, Android e Windows ou na web em.

Serviço: Exposição até 10 de março de 2019

R$ 20 I R$ 10 (meia-entrada) – para pessoas com até 21 anos, estudantes de escolas particulares, universitários, pessoas com deficiência e servidores públicos da cidade do Rio de Janeiro. O MAR faz parte do Programa Carioca Paga Meia, que oferecemeia-entrada aos cariocas e aos moradores da cidade do Rio de Janeiro em todas as instituições culturais vinculadas à Prefeitura. Apresente um documento comprobatório (identidade, comprovante de residência, contas de água, luz, telefone pagas com, no máximo, três meses de emissão) e retire o seu ingresso na bilheteria. Pagamento em dinheiro ou cartão (Visa ou Mastercard).

Bilhete Único: R$ 32 – R$ 16 (meia-entrada) para cariocas e residentes no Rio de Janeiro, mediante apresentação de documentação ou comprovante de residência comprobatórios. Serão considerados documentos comprobatórios aqueles que contenham o local de nascimento, tais como RG, carteira de habilitação, carteira de trabalho, passaporte etc. Serão considerados comprovantes de residência os títulos de cobrança com no máximo 3 (três) meses de emissão, como serviços de água, luz, telefone fixo ou gás natural, devidamente acompanhado de documento oficial de identificação com foto (RG, carteira de habilitação, carteira de trabalho, passaporte etc.) do usuário.

Política de gratuidade: Não pagam entrada – mediante a apresentação de documentação comprobatória – alunos da rede pública (ensinos fundamental e médio), crianças com até 5 anos ou pessoas a partir de 60, professores da rede pública, funcionários de museus, grupos em situação de vulnerabilidade social em visita educativa, Vizinhos do MAR e guias de turismo. Às terças-feiras a entrada é gratuita para o público geral.

Terça a domingo, das 10h às 17h. Às segundas o museu fecha para o público. Para mais informações, entre em contato pelo telefone (55 21) 3031-2741 ou acesse o site www.museudeartedorio.org.br.

Endereço: Praça Mauá, 5 – Centro.


Informações para a imprensa – Deezer
Marcela de Genaro

 

Deezer e MAR – O RIO DO SAMBA: resistência e reinvenção agora na Deezer

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here