25.5 C
Nova Iorque
sexta-feira, julho 30, 2021

Buy now

Fundador do programa Ser Mamãe em Miami estará no Rio de Janeiro em outubro

Fundador do programa Ser Mamãe em Miami estará no Rio de Janeiro em outubro

Participantes deverão levar uma peça de enxoval ou acessório que serão destinados a ONG Casa Maria de Nazaré, no morro da Rocinha

O pediatra brasileiro e idealizador do programa Ser Mamãe em Miami, Wladimir Lorentz, vai promover um encontro com as famílias cariocas interessadas em informações e todos os detalhes do processo que envolve ter um bebê nos Estados Unidos, no dia 13 de outubro, a partir das 19 horas.

O bate papo, que vai acontecer próximo a região do aeroporto Santos Dumont, abordará temas como estrutura hospitalar, atendimento pediátrico, vacinas, pré-natal, diferenças de procedimentos médicos entre Brasil e Estados Unidos, tipos de parto e também pós-parto. “A equipe iniciou as atividades em 2015 e já realizou o atendimento de 900 famílias, brasileiras e de outros países latinos”, explica Dr. Wladimir.

Gisele Godoy, moradora do Rio de Janeiro, decidiu que ter seu filho nos Estados Unidos por conta da cidadania que, no futuro, oferecerá mais oportunidades de estudo e trabalho. “É uma possibilidade que abre portas não só nos EUA, mas em outros países também. Conheci o programa com 32 semanas, através de matérias que foram publicadas. Minha mãe me marcou em um post em uma rede social do Ser Mamãe, depois ter ler, mandei para o meu marido como brincadeira, pois já estávamos pesquisando sobre maternidades. Ele gostou e achou que seria uma ótima herança para o nosso filho. Ele foi antes, visitou hospital e as clínicas e então decidimos ir para Miami”, informa.

O bebê de Gisele nasceu saudável no último dia 28 de agosto. “A estrutura médica é muita boa e organizada, fatores que decidiram a nossa escolha e que superam a questão da nacionalidade. Os médicos e enfermeiros foram ótimos. A nossa família sentiu-se segura e acolhida, pude escolher entre quatro obstetras, e o Dr. Wladimir em todo o processo foi muito atencioso”, destaca.

As famílias que desejarem participar do encontro, para conhecer outras histórias como a de Gisele, deverão levar uma roupinha nova ou usada, peças de enxoval e brinquedos, desde que em bom estado, e itens de higiene como fralda, pomada ou lenço umedecido. “Vamos arrecadar esses itens e doar para a ONG Maria de Nazaré, que fica na Rocinha. A direção da casa realiza um trabalho de conscientização sobre a importância da educação no futuro das crianças e cuidados essenciais com o recém-nascido, além de um bate papo que ocorre todo sábado com as gestantes para esclarecer algumas dúvidas”, explica o pediatra.

A Casa Maria de Nazaré, localizada na comunidade da Rocinha, que há mais de 60 anos desenvolve ações de assistência às famílias, e em especial as mães e filhos, chamou a atenção do Dr. Wladimir Lorentz, que esteve no local no começo de 2018.

Sobre o pediatra Wladimir Lorentz

Conhecido como “O pediatra de Miami”, o brasileiro Wladimir Lorentz está nos Estados Unidos há 34 anos. É graduado em Bioquímica na Universidade de Michigan e Medicina na Tulane University School of Medicine, em New Orleans, com bolsa de estudos por mérito. Atualmente é proprietário da clínica Night and Day Pediatrics, com atendimento concierge 24 horas que atende famílias visitando o Sul da Florida. O serviço em domicílio foi elaborado especialmente para o atendimento de pacientes internacionais, que muitas vezes não conhecem a cidade e preferem atendimento em seus lares. Localizada em um elegante edifício entre duas importantes vias de Miami, a Clínica permite fácil acesso.

Sobre Ser Mamãe em Miami

Ser Mamãe em Miami é um serviço completo de obstetrícia, reprodução assistida e pediatria para famílias que desejam ter seus filhos nos Estados Unidos. Criado em 2015 pelo médico pediatra Dr. Wladimir Lorentz, nasceu do seu desejo de prover um serviço de saúde internacional para gestantes de todos os lugares em buscavam serviços médicos disponíveis nos Estados Unidos, por serem referência em qualidade e excelência no atendimento, mas sofriam com as dificuldades e falta de informações.

Nos três primeiros anos de atuação, o programa Ser Mamãe em Miami já atendeu mais de 800 mamães de diversos lugares do mundo, em especial a América Latina. O programa oferece acesso aos melhores recursos hospitalares americanos, com médicos altamente especializados, de forma segura, transparente e respeitando as particularidades culturais de cada indivíduo. Garante também serviços integrados de saúde às futuras mamães, com apoio de clínicas especializadas, ambulatório e a infraestrutura completa do Mercy Miami Hospital.

Para mais informações, acesse: http://sermamaeemmiami.com/ ou envie e-mail para[email protected]. Siga também pelo @sermamaeemmiami .

Carolina Lara

 

 

Fundador do programa Ser Mamãe em Miami estará no Rio de Janeiro

Related Articles

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Latest Articles