16.7 C
Nova Iorque
domingo, maio 16, 2021

Buy now

Secretaria de Cultura e Economia Criativa apoia palestra-concerto com composições de Chopin, Debussy, Ernesto Nazareth e Chiquinha Gonzaga

Secretaria de Cultura e Economia Criativa apoia palestra-concerto com composições de Chopin, Debussy, Ernesto Nazareth e Chiquinha Gonzaga

Secretaria de Cultura e Economia Criativa

Contemplado pelo programa de fomento ProAC Expresso LAB, “Chopin ao Chorinho” é um projeto do pianista e compositor Daniel Grajew para ensinar conceitos básicos de música, de forma simples e didática

De música todo mundo gosta. Mas você sabe o que estabelece o ritmo para uma canção? Ou como é criada uma melodia? Consegue entender quando um compositor fala em “harmonia”? Esse é o objetivo de “Chopin ao Chorinho”, de Daniel Grajew, projeto apoiado pelo Governo de São Paulo e Governo Federal por meio do ProAC Expresso LAB. Em duas palestras-concerto, o pianista fala sobre alguns conceitos básicos da música para o público em geral, além de tocar composições próprias e peças de Chopin, Debussy, Ernesto Nazareth e Chiquinha Gonzaga ao piano. “A idéia é apresentar de forma simples e didática conceitos como melodia, harmonia, rítmo, polifonia, dinâmica e timbre e explicar de que modo eles são utilizados por diferentes compositores, desde a tradição da música europeia dos períodos Barroco, Clássico e Romântico até os brasileiros, como Ernesto Nazareth, Chiquinha Gonzaga e Tom Jobim”, diz Daniel.

As duas palestras-concerto de Daniel Grajew acontecem de forma online e gratuita, nos dias 23 e 25 de abril, às 19hs, com transmissão pelo canal www.youtube.com/user/dgrajew. “É uma forma de aproximar o público do repertório de concerto, partindo de exemplos ao piano e explicações que tenham o intuito de melhorar a apreciação musical e despertar o interesse para o universo da música e do piano”, afirma o compositor, pianista e acordeonista.

Mais informações nas redes sociais:

Balanço da Lei Aldir Blanc

Em 2020 foram concluídas as etapas necessárias para assegurar a destinação, por meio da Lei Aldir Blanc, de R﹩ 272,1 milhões ao setor cultural e criativo de São Paulo. Ao todo, o Governo do Estado recebeu R﹩ 281,8 milhões do Governo Federal, sendo R﹩ 264,1 milhões relativos à cota original do Estado e R﹩ 17,6 milhões provenientes da reversão de valores não utilizados por municípios. O índice de execução, portanto, foi de 100% do valor recebido inicialmente e de 96,9% do total recebido.

Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo

Assessoria de Imprensa
(11) 3339-8116 / (11) 3339-8162

(11) 98849-5303 (plantão)

 

Related Articles

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisement -

Latest Articles